quinta-feira, 2 de junho de 2011

Zhang Huan


O Artista Zhang Huan, está apresentando numa exposição solo, seu trabalho 49 dias no Blum & Poe em Los Angeles. O foco central da primeira exposição Zhang Huan na Blum & Poe é a apresentação da Stupa, uma escultura em tijolo em escala monumental e com estrutura de aço, originalmente exibido no Museu de Arte de Xangai, em Fevereiro de 2010. A stupa, que tradicionalmente tem a forma de sino (stupas eram tradicionalmente destinados a abrigar as relíquias de iluminados monges budistas) é composto de tijolo reaproveitado e de aço, e um porco empalhado, que repousa em uma abertura perto do centro da estrutura, emergindo periodicamente para soprar nuvens de cinzas de incenso de sua boca. Em parte, a Stupa serve como uma homenagem ao Zhu Gangqiang, o “Cast-Iron Pig", já famoso por ter conseguido sobreviver 49 dias na água da chuva e troncos durante o devastador terremoto de Sichuan de 2008, que matou quase 70.000 pessoas. A importância de 49 dias é duplamente significativo na medida em que na teologia budista, 49 dias é o tempo que a alma permanece na terra entre a morte e a reencarnação. Ao ouvir a história do "Cast-Ferro Gusa" Zhang Huan negociou a compra e o guardou em seu estúdio, empregando um guarda a tempo integral e fazendo sua história de sobrevivência e virilidade uma parte crítica de sua prática artística atual. Além da Stupa, que irá ocupar um gde espaço na própria galeria Blum & Poe, Zhang Huan irá apresentar uma nova série de esculturas relacionadas com tijolo Zhu Gangqiang, bem como um conjunto de cinzas, pinturas feitas em tons de cinza com cinza de incenso queimado, coletados nos templos budistas. www.zhanghuan.com

4 comentários:

Anônimo disse...

O fato da matéria prima de ZhangHuan ser o incenso por si só já possui uma profundidade imensa.
Ouvi falar do trabalho das esculturas "religiosas" dele, na Espanha, onde vi umas fotos que eram bem bacanas pra tambem ver o quanto ele "abre o leque de opções". Lembro de um Jesus de cinzas de incenso e de umas bobinas de aço muito pesadas que no meio delas pareciam surgir udas metálicos perfeitos. Acho que era ele mesmo.
Nunca vi ao vivo, mas parece ser bem sensivel.
Se eu não me engano, ele viria ter vindo a ultima Bienal de SP mas foi preterido por outro artista..

Baccio

Ricardo Silva

andréa velloso disse...

eu sou budista e portanto...me impressiona essa possibilidade de transformação, que é a base do tantra, e da impermanencia....adoro como ele refaz...fiquei curiosa dessa imagem feita de incenso...sera que vc pode me enviar?
andrea@comum.com

Anônimo disse...

oi andréa, eu fui no final de semana na av.paulista e vi o livro com os trabalhos desse chines... de endoidecer... escultura, pintura, performance, ele é "o cara", rs.

ash jesus
http://www.zhanghuan.com/ShowWork.asp?id=87&iParentID=2

steel budha
http://www.zhanghuan.com/ShowWork.asp?id=78&iParentID=2

esse está no Brasil, no Jardim Botanico de Inhotim (vale a viagem, o lugar é belissimo...)
http://www.inhotim.org.br/uploads/Artistas/98b349c9409d827afcdc28f1d135c09f.jpg

essa eu viajei... um vagão real do terremoto na china... hope tunnel
http://www.zhanghuan.com/ShowWork.asp?id=84&iParentID=5

um artista de CAIR O QUEIXO...

baccio e boa semana.


Ricardo Silva

andréa velloso disse...

uawwww!
amei
que boas as dicas...vou ver tudo com calma...
gracias!