sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Jeremy Miranda


 
 


 

 
                 


         

Jeremy Miranda é um pintor eclético e talentoso trabalhando inúmeras questões de forma e estrutura tanto naturais e artificiais, além de explorar a cor, a luz, design e até mesmo idéias narrativas. Sua abordagem estilística varia muito de rápidos e soltos estudos e esboços, de aquarelas simples até complexas pinturas formalmente executadas. Sua obra tem uma escala relativamente pequena. A maioria de sua obra parece residir dentro de uma série temática. Há uma série maravilhosa sobre uma estufa misteriosa que flutua em terra nas ondas de alguma escura praia da Nova Inglaterra, onde curiosos se reúnem. Outra retrata estantes formando um ou mais lados de um interior que se abre para o espaço natural aberto do outro lado. Outros são mais abstratos. Você pode ver uma boa dose de trabalho em seu site: www.jeremymiranda.com
mas eu realmente recomendo visitar o seu blog para ter uma idéia mais ampla da gama e do contexto de seu trabalho: jeremymiranda.blogspot.com.

" Eu passo muito tempo em ambientes fechados e minha pintura surge a partir de fotografias e memória. Eu gosto de trabalhar, mas depois de tanto tempo no meu estúdio, removido das paisagens reais e marinhas reais é crucial eu sair. Eu adoro as transições rápidas que vêm com a primavera e o clima mais quente significa mais oportunidades para pintar ao ar livre.

Eu considero essas pinturas que eu faço ao ar livre como algo bastante distinto do que eu faço no estúdio. Eu gostaria de encontrar espaços estranhos que oferecem sons e texturas diferentes, e me colocar na frente da mudança de clima. E com toda a conversa sobre a experiência, o que eu realmente gosto muitas vezes são as matérias orgânicas, bagunçadas, que existem como um registro ou tradução de um momento no tempo. O que mais existe realmente? " 

Nenhum comentário: