domingo, 22 de fevereiro de 2009

foi apenas um sonho

Sam Mendes surpreende varias oitavas acima, depois de "beleza americana"!
Incrível o filme "revolutionary road", versão adaptada do livro de Richard Yates. Ela , a personagem, vive o papel de uma atriz que representa seu melhor papel de forma invisível aos olhos dos outros, ela representa a versão "não escolhida" dela mesma, na pior versão da vida que ela pode escolher, ou ser refém. Incrível o filme!
O filme é incrível e o diretor conta com a fotografia genial do diretor de fotografia Roger Deakins (gentilmente cedido pelos irmãos Coen) , cheia de planos seqüências, imagens paradas, como a da janela e a cena genial do Sr que abaixa o som do seu aparelho auditivo e deixa simplesmente de ouvir sua esposa se lamentando interminavelmente...o filme é duro e menos estético. Uma paulada no status quo, "american way of life" , mais uma vez. As câmeras fixas e a cena dela recebendo o marido pra um café da manhã fatídico. impressionante.
vale a pena! imperdível!

Um comentário:

Fernão disse...

Beleza Americana é um daqueles filmes que melhora a cada vez que você assiste. Alguns não resistem à terceira ou quarta revisão, mas "Beleza" permanece inatacável. E é como as obras medievais, que a cada observada revelavam novos detalhes.